quarta-feira, 16 de abril de 2008

Bruxedo no Benfica

O futebol anda de mão-dada com as superstições. Bruxos e curandeiros são muitas vezes requisitados para fazerem trabalhos em equipas de futebol. Muitas das vezes os presidentes dos clubes nem acreditam nas propriedades dessas mezinhas, mas acreditam que possa motivar os jogadores para inverterem os resultados. Qualquer equipa está disposta a recorrer a esses “trabalhos, até os “grandes” portugueses…

Na época de 1992/93, o Benfica tinha acabado de contratar Paulo Futre, e perseguia o líder Futebol Clube do Porto. O Presidente do Benfica, Jorge de Brito, contrata então Delane Vieira, um empresário e médium para ajudar a equipa. O primeiro trabalho de Delane resultou em sucesso: ele prevera que o Benfica iria ganhar ao Sporting no Estádio da Luz por 1-0, com golo de Paulo Futre. Com esta profecia cumprida, faltava contudo o jogo que decidiria o campeonato, quando o Benfica ia receber o Porto. Delane disse então que para o Benfica ganhar, o Treinador Principal Toni e o seu Adjunto Jesualdo Ferreira teria de se deslocar a um hipermercado, comprassem um carrinho cheio de alimentos e oferecessem ao primeiro pobre que encontrassem ao sair á rua. Pouco dados a superstições, Toni e Jesualdo lá acederam, e deslocaram-se até ao Carrefour de Telheiras. Pagaram a conta e saíram com Centro Comercial, mas não encontravam um único pobre a quem pudessem oferecer a quantidade enorme de alimentos. Cansados da situação, telefonaram a uma amiga para que fosse a um bairro degradado e que lhes trouxesse um. Assim foi feito e o pobre ficou feliz da vida...

Contudo, no jogo decisivo, o Porto arranca um empate a zero golos, e ganha vantagem no confronto directo. Delane defende-se dizendo que o seu trabalho não resultara porque os técnicos do Benfica nem foram capazes de arranjar um pobre para cumprir a tarefa correctamente. Toni e Jesualdo desmentem categoricamente que alguma vez tenham participado nessa tarefa, mas alguns dirigentes benfiquistas estavam presentes quando eles aceitaram realiza-la…

Se isto fosse verdade…

1 comentário:

Kijar disse...

Warning! See Please Here